.

Hidrocefalias

É o acumulo de líquor (líquido que circula pelo sistema nervoso)  no interior das cavidadesexistentes no cérebro, os ventrículos, levando ao aumento da pressão dentro do crânio. Suas causas são diversas.   A hidrocefalia  pode ocorrer ainda no útero da mãe  ou desenvolver-se a qualquer momento da vida, mesmo no adulto.

Os sintomas são diversos.  No bebê pode haver aumento da cabecinha, irritabilidade e abaulamento  da fontanela (moleira). Na criança maior pode haver sonolência, piora do raciocínio ou do caminhar. A hidrocefalia pode ser uma urgência médica.

O tratamento mais usado é a DVP, drenagem do líquor para o interior do abdome, usando uma prótese (válvula). Apesar de extremamente eficiente, este método às vezes pode falhar ou complicar.

O Dr. José Aloysio usa técnica preconizada pelo Prof. Choux , trazida da França, conseguindo uma importante diminuição destas falhas ou complicações (Artigo: Derivação ventrículo peritoneal: a técnica tem influência na incidência de infecções? Estudo retrospectivo de 353 casos consecutivos).

A Neuroendoscopia hoje substitui a válvula na maioria dos casos, com muita eficiência, sem a necessidade de prótese e com chance de complicação menor. O Dr. José Aloysio foi um dos pioneiros do Brasil nesta técnica e conta com extensa experiência com o método ( III Ventriculostomia), com mais de 300 casos realizados em todas asidades. Hoje a  III Ventriculostomia é o procedimento de escolha para o tratamento da maior parte das hidrocefalias. Evita, na maioria das vezes, o uso da válvula.


Confira vídeo explicativo


Educação Médica, Aperfeiçoamento e Publicações

CostaValFilho2021_Article_TheRoleOfTheLiliequistMembrane

Abdominal Complications Related to Ventriculoperitoneal Shunt Placement- A Comprehensive Review of Literature

S10C141  NEUROENDOSCOPIA NA INFÂNCIA:TRATAMENTO DA HIDROCEFALIAE OUTRAS DOENÇAS

Neurologia Infantil Cap 44 – Hidrocefalia na infância

Neurologia Cap 73 – Hidrocefalia_1

Selective Neuroendoscopic Resection of the Choroid Plexus as an Alternative Technique for Optimizing the Standard Endoscopic Approach to Hydrocephalus

Proposed radiological score for the evaluation of isolated fourth ventricle treated by endoscopic aqueductoplasty

Endoscopic third ventriculostomy in patients with myelomeningocele after shunt failure

Cranial and ventricular size following shunting or endoscopic third ventriculostomy (ETV)

O PAPEL DA MEMBRANA DE “LILIEQUIST” NA TERCEIRO VENTRICULOSTOMIA ENDOSCÓPICA

International Infant Hydrocephalus Study: initial results of a prospective, multicenter comparison of endoscopic third ventriculostomy (ETV) and shunt for infant hydrocephalus

The International Infant Hydrocephalus Study: Concept and Rational

Cuidados Operatórios em Neurocirurgia Pediátrica

Third venriculostomy

Anestesia para Ventriculostomia por Via Endoscopica para Tratamento de Hidrocefalia – Relato de Casos

Hábito marfanóide e hidrocefalia sem cranioestenose: relato de dois casos

Derivação ventrículo peritoneal: a técnica tem influência na incidência de infecções? Estudo retrospectivo de 353 casos consecutivos

Minicraniotomy for endoscopic third ventriculostomy in babes: technical note with a 7-year-analisis